11 setembro 2010

tentem não morrer de rir.


Nunca pensei que eu fosse forte o suficiente pra sobreviver à uma crise tão potente de riso.
Sabe quando você tem aquela crise de riso e tiop, é como se seu organismo quisesse soltar o riso todo de uma vez? mas não dá. então sai tudo pela sua boca e você lacrimeja rios. é como se uma gargalhada estivesse querendo pular por cima da que já está sendo gargalhada no momento. você tem contrações violentas. sua barriga dói tanto que você acha que vai emplodir. você se contorce. vira de um lado pro outro incessantemente. seu corpo todo pára tudo que está fazendo pra rir e já não há mais espaço no seu organismo para respirar. você quase morre, mas morreria feliz. seu cérebro fica dividido em duas partes apenas: a parte que mostra o motivo pelo qual você está rindo (o que faz você rir mais) e a parte que te deixa pensando se vai sobreviver à tamanha potência do próprio riso.
seu corpo não está forte o suficiente para dar pause no vídeo.
então foi tudo isso que aconteceu comigo, quando eu vi essa velhinha malok.
eu já ri bastante no primeiro. mas no segundo eu me escangalhei.


primeiro, assistam esse, depois o outro. porque fica mais engraçado assim.
tentem não morrer.




Agora melhor com a versão auto-tune:




I’m backin’ up, backin’ up, backin’ up, backin’ up, cause my daddy taught me good! ♫

RERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERERE
se eu for assaltado, quero essa velhinha perto de mim, manolo.

se você não achou graça ou só riu um pouquinho, não clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente se for capaz.